Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Programa Sustentare é finalista do prêmio A3P

Publicação:

Agenda Ambiental na Administração Pública
Agenda Ambiental na Administração Pública
Por Ministério do Meio Ambiente

Os 12 finalistas da 7ª edição do Prêmio A3P Melhores Práticas de Sustentabilidade foram selecionados pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA). A classificação e os vencedores serão conhecidos na cerimônia de premiação que ocorrerá no dia 23 de agosto no auditório da Imprensa Nacional, em Brasília. As instituições finalistas apresentaram iniciativas que promovem a responsabilidade socioambiental de acordo com a Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), que é um programa do MMA que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade.

No total, oito estados estão representados entre os 12 finalistas: São Paulo; Santa Catarina; Rio Grande do Sul; Distrito Federal; Maranhão; Pernambuco; Rio de Janeiro e Mato Grosso, sendo os quatro últimos com duas iniciativas cada um deles. O prêmio promovido pelo MMA tem o objetivo de reconhecer e incentivar o mérito das iniciativas municipais, estaduais e federal na promoção da prática de ações sustentáveis.

A solenidade de entrega do prêmio será realizada junto com o 10º Fórum A3P. O evento terá por tema os recursos hídricos e contará com dois debatedores: o diretor de Recursos Hídricos do Ministério, Renato Saraiva Ferreira, que falará sobre a água no meio ambiente, e a professora Luana Di Beo Rodrigues, que abordará o uso da água em prédios públicos.

Conheça os projetos finalistas:

O Prêmio é um reconhecimento nacional de projetos-modelo que se realiza desde 2009. Objetiva reconhecer os projetos implementados, dar visibilidade às iniciativas e incentivar outros órgãos a aderirem à A3P. A premiação acontece a cada dois anos e, até o ano de 2016, 68 projetos de todo o Brasil foram contemplados com o Prêmio: iniciativas que refletem o que há de mais moderno na aliança entre tecnologia, sustentabilidade e gestão pública.

Projetos que podem ser tomados como modelo no que diz respeito ao uso inteligente de recursos naturais e públicos, ao tratamento consciente dos resíduos gerados pelo serviço público e à garantia da qualidade de vida no ambiente de trabalho.

CURSOS DA A3P

O Ministério do Meio Ambiente concluiu o processo de seleção dos consultores que irão realizar cursos de Sustentabilidade na Administração Pública (Agenda A3P) nas cinco regiões do país: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Os cursos ocorrerão em todas as Unidades da Federação, tanto nas capitais como também no interior, em cidades-polo. Cada UF será beneficiada com a realização de três cursos (três municípios), em média. Nestas contratações são previstos 66 cursos em 66 municípios do país. As turmas devem ser de 60 alunos, em média, o que permite estimar um total de quase quatro mil alunos formados. A intenção da A3P é capilarizar a Agenda, permitindo que ela seja conhecida em todo país. É a primeira vez que se faz um projeto de capacitação de formato tão abrangente.

Por região, eis a quantidade de municípios que receberão os cursos:

Centro-Oeste: 10
Nordeste: 28
Norte: 7
Sudeste: 13
Sul: 8

A previsão é de que os cursos tenham início nos próximos 15 dias. O cronograma de realização é de responsabilidade de cada consultor ou consultora, que vai construir este cronograma junto com a A3P a partir da lista de municípios constante do edital por região.

Texto: Bruno Romeo/ Ascom MMA

Links relacionados

Conteúdos relacionados

Comitê de Governança - Política TIC RS