Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Outsourcing de digitalização e impressão

ESCLARECIMENTOS E ORIENTAÇÕES COMPLEMENTARES REFERENTE À ARP 401/2017 PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE IMPRESSÃO  E DIGITALIZAÇÃO

1. As Secretarias poderão celebrar quantos contratos quiserem com os mais diferenciados quantitativos, limitado ao número total manifestado. Caso exceda esse número, poderá solicitar ao CELIC e CETIC a liberação de mais equipamentos.

2. É recomendável ter um Gestor do contrato na instituição para acompanhar os consumos, preço, atendimento e compensação.

3. O contrato poderá ser aditado com acréscimos ou supressões que se fizeram necessário, limitado a 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial atualizado de cada contrato.

4. Redução acima de 25% implica em redução de equipamentos e negociação com a empresa.

5. Orienta-se que após 4 meses de inicio do contrato, seja avaliado a franquia contratada está ajustada as necessidades da Instituição.

6. A contabilização de custo ocorre, quando há impressão, mas a disponibilização de residentes e a digitalização de documentos caracterizam prestação de serviços no processo de outsourcing, bem como a própria disponibilização dos equipamentos contratados em condições de uso.

7. Para fins de contabilização da fatura, a página impressa/copiada no formato A3 será computada como 2 (duas) páginas do formato A4 do mesmo tipo de equipamento.

8. Até a conclusão da implantação da solução, o pagamento pelos serviços prestados ocorrerá de forma mensal, e proporcional a quantidade de equipamentos instalados/serviços realizados pela Contratada, em cada período.

9. O modelo de contratação para cada órgão do Estado envolve um valor fixo (volume total mensal contratado) e um valor variável (páginas consumidas excedentes ao volume contratado).

10. O valor fixo, considerado por volume total mensal contratado, é a soma dos volumes totais mensais contratados por tipo de equipamento, multiplicados pelo valor unitário por página impressa.

11. Para o valor variável, considera-se o percentual de 70% (setenta por cento) do valor unitário por página impressa por tipo de equipamento, aplicado sobre o volume páginas consumido excedente ao volume contratado.

12. A fatura mensal será cobrada pela franquia contratada, descontando-se as multas, por ventura, ocorridas.

13. O excedente mensal à franquia contratada, se houver, poderá ser compensado com as quantidades não utilizadas mensalmente da franquia contratada.  A SIMPRESS deverá aplicar a compensação nos meses de julho e dezembro de cada exercício.

14. Até 4 (quatro) dias úteis antes do final de cada mês, a Contratada deverá medir a quantidade de impressões/cópias realizadas desde a última medição, descontando-se as falhas e multas, por ventura ocorridas. Deverá, também, disponibilizar relatório global impresso/copiado no período ao Gestor do Contrato.

Conteúdos relacionados

Comitê de Governança - Política TIC RS